top of page

Como escolher os DPS Adequados.




Escolhendo os DPS Classe 1 e Classe 2

Neste artigo, abordaremos a escolha dos Dispositivos de Proteção contra Surtos (DPS) Classe 1 e Classe 2 de acordo com a norma 5410. É importante entender quando e como utilizar cada tipo de DPS para garantir a segurança dos equipamentos em uma instalação elétrica.

Quando Utilizar os DPS Classe 2

Os DPS Classe 2 são recomendados para proteção contra sobretensões de origem atmosférica transmitidas pela linha externa. De acordo com a norma 5410, as edificações alimentadas por linha aérea e situadas em áreas com mais de 25 dias de trovoadas por ano devem ter DPS Classe 2 instalados.

Para garantir a eficácia da proteção, os DPS Classe 2 devem ser instalados no ponto de entrada da linha na edificação. Isso significa que o DPS deve estar junto ao ponto de entrada ou o mais próximo possível dele para melhorar a dissipação das sobretensões.

Como Especificar os DPS Classe 2

Os DPS Classe 2 devem atender a especificações como o nível de proteção, a máxima tensão de operação contínua, a corrente nominal de descarga, entre outros fatores. É importante seguir as orientações da norma 5410 para especificar corretamente os DPS Classe 2 de acordo com as características da instalação elétrica.

Quando Utilizar os DPS Classe 1

Os DPS Classe 1 são indicados para proteção contra descargas atmosféricas diretas sobre a edificação ou em suas proximidades. De acordo com a norma 5410, as edificações que possuem a possibilidade de descarga direta nos componentes da instalação elétrica devem ter DPS Classe 1 instalados no ponto de entrada.

É importante ressaltar que os DPS Classe 1 devem ser instalados no ponto de entrada ou o mais próximo possível dele, conforme a norma. A prioridade é colocar o DPS Classe 1 no ponto de entrada para garantir a eficácia da proteção contra descargas atmosféricas diretas.

Especificações dos DPS

Para especificar corretamente os DPS Classe 1 e Classe 2, é necessário considerar o nível de proteção, a máxima tensão de operação contínua, a corrente de curto presumida, a corrente nominal de descarga, e a corrente nominal de impulso. Seguir as orientações da norma 5410 é fundamental para garantir a segurança e eficácia dos DPS na instalação elétrica.

Conclusão

Em resumo, a escolha dos DPS Classe 1 e Classe 2 deve ser feita com base nas necessidades específicas da instalação elétrica. Ao seguir as diretrizes da norma 5410 e especificar corretamente os DPS, é possível garantir a proteção adequada contra sobretensões e descargas atmosféricas, contribuindo para a segurança e o bom funcionamento do sistema elétrico como um todo.

16 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page